Conceitos da Engenharia e Gestão do Conhecimento são apresentados no CiKi 2017

setembro 12, 2017

A produção colaborativa de conhecimento e a promoção de inovação são ferramentas essenciais da metodologia da Engenharia e Gestão de Conhecimento (EGC). Para apresentar suas estratégias e resultados, o professor Denilson Sell ministrou uma palestra para os participantes do 7º Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – CiKi 2017. A mostra ocorreu na manhã de terça-feira (12), no Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

O networking temático “Rede de Expertise e Inovação” abordou os conceitos da EGC, que tratam do envolvimento de várias organizações para a formação conjunta de soluções e desenvolvimento. Como professor do programa de pós-graduação em EGC pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Denilson apresentou cases em que foram identificadas as problemáticas de organizações, e as soluções encontradas por meio do engajamento com outras entidades.

A aplicação da EGC em organizações é dividida em cinco etapas. Na primeira fase, procura-se compreender o espaço problema; em seguida, busca-se compreender o espaço da solução; na terceira fase, é realizada a produção da solução; na quarta, a solução é implantada à organização; por último, é feito o acompanhamento da solução.

Um dos cases apresentados envolveu o desenvolvimento de um software para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para monitorar seu desempenho; a plataforma Conecta. O sistema facilitou a identificação e a localização da expertise e dos conhecimentos internos do órgão, além da mobilização de competências nacionais e internacionais. Também permitiu direcionar as ações de criação, compartilhamento, aquisição, organização e disseminação de conhecimento por meio de um banco de dados armazenado pelo sistema.

Para Denilson, uma rede temática vem sendo desenhada pelo PTI junto a outras organizações, em relação a temas envolvendo energia, água, desenvolvimento sustentável e a produção de alimentos. Essas iniciativas ressaltam a importância da realização de networkings temáticos e eventos como o CiKi, visando a construção coletiva do conhecimento.

“A preocupação do PTI é desenvolver o território a partir de várias ações como formação de pessoas, inovação tecnológica e pesquisa”, apontou Denilson. “O que estamos tentando fazer é estruturar essa rede e mapear o conhecimento e as ações das organizações para tentar aproximar esses meios em torno de projetos estratégicos, focados no desenvolvimento do território mas transcendendo a visão do território paranaense e levando-o para o resto do Brasil”, completou.

O CIKI

O CiKi busca promover o desenvolvimento conceitual, metodológico e estimular a prática de gestão do conhecimento, de capital intelectual e de gestão da inovação. É uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com apoio de instituições nacionais e internacionais, entre elas o PTI e a Itaipu Binacional. O evento reúne representantes de instituições públicas, privadas, acadêmicas e do terceiro setor, em discussões, palestras, troca de experiências, apresentação de novas tendências e estudos na área.